Home > Cases > , , , , , > Livros institucionais, catálogos e comunicação visual de exposições na FAAP

Livros institucionais, catálogos e comunicação visual de exposições na FAAP

Cliente: FAAP (Fundação Armando Alvares Penteado)
Exposições: Memórias Reveladas e Tékhne
Prêmio: ABCA (Associação Brasileira dos Críticos de Arte) 2010 para Tékhne
Livros e catálogos: Box 1 (FAAP – Memórias Reveladas; Arte Brasileira – 50 exposições do MAB; Teatro FAAP – A história em cena); Box 2 (Tékhne; Arte Novos Meios Multimeios)
Prêmios:  Memórias Reveladas e Tékhne foram finalistas do Prêmio Jabuti 2011 na categoria Projeto Gráfico
O que fizemos: programação visual das duas exposições; coordenação editorial de 3 livros de arte, 2 catálogos das exposições 

Em 2010, o MAB (Museu de Arte Brasileira), da FAAP, completou 50 anos. Para comemorar a histórica data de um dos mais importantes museus de arte brasileira, a FAAP organizou duas exposições: Memórias Reveladas e Tékhne, ambas com curadoria de Denise Mattar. A primeira revelou a atuação cultural da FAAP desde 0 ano da sua fundação, em 1947, até 2010. A segunda mostrou como o MAB abrigou obras que uniam arte e tecnologia desde sua origem, trazendo à tona seu caráter de vanguarda no cenário das artes plásticas.

A Kaminari foi contratada para uma missão desafiadora: criar a programação visual das duas exposições e ser responsável pela coordenação editorial dos respectivos catálogos. Uma equipe de pesquisadores ficou mais de um ano mergulhada em desvendar a atuação cultural da FAAP. O material de pesquisa foi se revelando tão rico que apresentamos uma nova proposta para a direção da FAAP.

Os 2 catálogos bilíngues das exposições tornaram-se mais que simples registro. Ganharam musculatura e conteúdo próprios. Ainda produzimos mais 3 livros de arte bilíngues com um vasto conteúdo histórico e artístico. Para melhor acomodá-los e proporcionar unidade visual, os livros e catálogos foram divididos em duas caixas. Na primeira, foram inseridos os Memórias Reveladas, Teatro FAAP e Arte Brasileira. Para escrever os textos de Teatro FAAP convidamos o crítico Valmir Santos. Já Arte Brasileiro convocamos as críticas Angélica Moraes e Fernanda Lopes. Na segunda caixa ficaram  Tékhne e um fác-simile da obra Arte Novos Meios Multimeios, um importante livro de referência que estava esgotado. Os livros e catálogos foram entregues a artistas, políticos, críticos, jornalistas, personalidades nacionais e internacionais. Devido sua reconhecida qualidade, os livros Arte Brasileira e Teatro FAAP foram distribuídos para livrarias pela editora Cosac Naif.

Fazer a coordenação editorial significa que fomos responsáveis desde o processo de criação até a impressão dos três livros e dois catálogos. Para isso, fizemos o gerenciamento da equipe de cerca de 30 profissionais, edição de textos, criação do projeto gráfico, design, capa, logos, tradução, revisão e acompanhamento gráfico dos livros.

Os livros-catálogos das exposições Memórias Reveladas e Tékhne foram finalistas do Prêmio Jabuti na categoria Projeto Gráfico.

A Kaminari ainda produziu os convites, banners, folders, logomarcas e comunicação visual das exposições Memórias Reveladas e Tékhne, que venceu o prêmio da ABCA (Associação Brasileira dos Críticos de Arte) 2010.

 

Trabalhos relacionados

Twitter siga-nos Assessoria de comunicação veja +